» A importância da suplementação de ferro

A importância da suplementação de Ferro

Uma em cada dez mulheres no mundo tem deficiência de ferro. O dado da Organização Panamericana da Saúde (Opas) se torna mais preocupante quando considerado que esse mineral é essencial à saúde do organismo.

O ferro compõe 2/3 da hemoglobina, substância presente nos glóbulos vermelhos e responsável por realizar o transporte de oxigênio dos pulmões às demais partes do organismo.

A dosagem insuficiente de ferro afeta a produção de hemoglobina, levando à anemia e a falhas no transporte de oxigênio. Como resultado, a pessoa se sente cansada, sem fôlego, incapaz até de realizar atividades cotidianas, como subir escadas.

Outros efeitos envolvem a redução na capacidade de o organismo combater infecções e realizar atividades cerebrais. Nas mulheres grávidas, indica a Opas, a deficiência de ferro e a anemia aumentam o risco de partos prematuros.

Para alertar sobre os benefícios de tomar suplementos de ferro por via oral (pelo menos cinco dias por semana) para melhorar a saúde das mulheres, a Biblioteca Cochrane publicou em abril de 2016 uma revisão envolvendo 8.506 mulheres não gestantes em idade reprodutiva (mulheres que menstruam).

Essa revisão concluiu que a suplementação diária com ferro é efetiva na redução da prevalência de anemia e de deficiência de ferro, aumenta os níveis de hemoglobina e as reservas de ferro, melhora o desempenho físico e reduz a fadiga sintomática.

Esses benefícios, porém, vêm acompanhados de aumento de efeitos adversos gastrointestinais sintomáticos, como constipação (intestino preso) e dor abdominal, uma vez que o sulfato ferroso foi a forma de suplemento mais usada nos estudos.

Uma maneira de realizar a suplementação de ferro sem esses efeitos adversos é por meio de suplementos alimentares à base de ferro bisglicinato quelato, caso do Tecnofer, da Baldacci, que integra o portfólio de produtos da Humana Alimentar.

Esse tipo de apresentação permite que o ferro passe a barreira gástrica, diminuindo o risco de reações adversas gastrointestinais (constipação, dores abdominais) e permitindo a absorção em nível intestinal com ausência de interação com os alimentos.

Tais benefícios tornam o Tecnofer um suplemento alimentar de ferro com maior biodisponibilidade e melhor tolerabilidade, indicado para a suplementação diária de mulheres que menstruam, amamentam, bem como pessoas que têm alto consumo de antiácido (o que impede o corpo de absorver o ferro) e vegetarianos ou veganos (que por não consumirem carne podem apresentar prejuízo na absorção e reservas de ferro).

Em caso de deficiência secundária a doenças, como insuficiência renal, úlcera, dentre outras, o médico deverá ser consultado para avaliar a quantidade de suplementação diária adequada de ferro, de acordo com o gênero, idade e estado de saúde.

Humana Alimentar © 2018 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem